Notícias

Circulares

CIRCULAR Nº: 19/2019 - Palestra de Vassula na Peregrinação à Grécia - 02/11/2019


ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - BRASIL



CIRCULAR Nº: 19/2019

Data: 16 de novembro de 2019





Palestra de Vassula na Peregrinação à Grécia, 02/11/2019



Ao nascer, nosso coração foi criado a partir do sublime amor de Deus, para Lhe devolvermos esse amor divino. Desde o princípio, nosso coração se enche apenas da Presença de Deus, que é Luz. É perfeito. Foi criado de modo tão inefável, que deveria ser capaz de guardar o sublime amor de Deus e a doçura de Sua presença. Infelizmente, à medida que o tempo passa e envelhecemos, espinhos e arbustos começam a crescer nele até perfurá-lo; e como uma cisterna furada, começa a perder seu conteúdo, o Amor Divino e até a Presença de Deus que estava nele. Os espinhos são as preocupações do mundo, os pecados e a tentação das riquezas que perfuram o coração e o deixam seco, sem a Fonte Vivificante.

E assim começamos a ficar afastados de Deus, Fonte de todo Bem. Quem se esforça de verdade e sinceramente para participar da graça de Deus, conseguirá ficar desprendido deste mundo e não perderá a substância sublime que desde o começo estava em seu coração.

Deus, neste Fim dos Tempos, está se manifestando através de diversos sinais, chamando-nos à Divindade e a amá-lO tanto quanto Ele nos ama. Ele está nos pedindo uma correspondência de amor. Amor por amor. Uma correspondência de amor vence a Morte. O amor nunca morre, o amor nos leva a conhecer nosso Deus e a reconhecê-lO como o Altíssimo.

A questão é: Como podemos amar a Deus tanto quanto Ele nos ama? Deus é o próprio Amor. Não podemos, por nós mesmos, retribuir o Amor que Deus tem por nós, pois Ele é um Oceano Infinito de Amor. Portanto, devemos depender da Graça - pois nada é impossível para Deus, porque o Santo, que transcende o céu e a terra, pode nos ajudar a alcançar um Amor Divino através de Sua Graça e a libertar-nos dos sentimentos e tentações carnais, fazendo que morram, aniquilando as más ações e substituindo-as por Luz Perfumada. Deus, que é o Absoluto, infundirá então em nós o desejo de adorá-lO, o desejo de viver permanentemente nEle, que é a Vida, o desejo de ser revestido de Luz Perfumada, o desejo de continuar exalando em nós Seu Perfume e manter viva sua Chama de Amor em nós. E nessa proximidade, seremos enxertados nEle.

Uma vida vivida com Deus é de fato uma vida na contemplação do Divino, recebendo bênçãos inefáveis que transcendem a mente e a compreensão. Então, as delícias desta terra simplesmente perderão seu valor, pois o Todo-Poderoso nos saturará com a água da Vida, elevando-nos ao terceiro céu. O paraíso é para ser também agora, interligados com Deus. Então, imersos em Deus, teremos apenas um desejo, que seria entregar nosso ser incessantemente à Sua Vontade, enquanto Deus também Se entregará incessantemente a nós.

As perguntas são: É tão difícil entender que todos descendemos de uma só Fonte, ou seja, do Divino? Mesmo que sejamos diferentes na forma, cor, tradição, crença e cultura. Como é possível termos facilmente esquecido Quem foi que insuflou em nós o mesmo Sopro da Vida que insuflou em todos os seres?

Devemos ser um exemplo para os outros, mostrando que os seres humanos podem viver em paz e harmonia, e podem se reconciliar uns com os outros. Devemos aprender a ser misericordiosos e a perdoar. Podemos realmente nos unir e reconciliar? Sim! Sim, podemos nos unir,

desde que aprendamos a amar,

recordando a nossa origem Divina. Recordando o que Jesus disse a Seus discípulos: "Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros; assim como Eu vos amei, vós também deveis amar-vos uns aos outros." Pelo amor que tendes uns pelos outros, todos saberão que sois meus discípulos.” (Jo 13, 34-35)

Devemos nos lembrar de nos tornar a Imagem do Deus vivo, que não tem nenhum traço de impureza, nenhum traço de preconceito, nenhum traço de vingança, nenhum traço de ódio.

Assim, seremos capazes de viver em unidade, unidos pela caridade, e viver juntos em paz de espírito e alma. São Paulo diz sobre o amor e a paz: "O amor é o que vos mantém todos juntos em perfeita união."

Então, depois que entregarmos nossa vontade a Deus, Deus poderá nos aperfeiçoar em uma união de Amor Divino com Ele. Somente Deus pode nos levar a um amor filial e a uma união Divina, expandindo nosso coração para receber mais dEle, para que Ele receba mais de nós e para se doar mais a nós, para que possamos nos entregar mais a Ele. Nesse círculo, daremos a Deus tudo o que já Lhe pertencia.

O Amor Divino é a virtude principal, porque do amor brotam todas as outras virtudes. Amar é viver na Verdade. Quanto maior o dom do Amor, mais completo é nosso conhecimento de Deus. Quanto mais fervoroso for nosso amor por Deus, mais fervorosas são nossas orações. Quanto mais perfeito for nosso amor, mais santa é a nossa vida…

Envoltos em Deus, nossos atos e pensamentos serão todos divinos. Daí em diante, todo o nosso ser e alma reluzentes serão animados por Deus. Este será o início de nossa nova vida em Deus. Seremos saciados pelo Amor Divino... E Deus, depois de conquistar nosso coração para que viva apenas para Ele, continuará aumentando nosso amor, sinal de nossa bem-aventurança; sinal de uma perfeita união Divina; sinal de que provamos a Vida.

Então, o Todo-Poderoso será o verso de nossos Salmos, a Luz Dourada do Sol em nossos olhos, nosso Traje de Boda Tangível; nosso Repouso e Descanso; Ele será nosso Companheiro íntimo e a Brisa Perfumada de nossa alma.

(17 de junho de 1991) Oh! Vem! Tu, que tens andado sempre a vaguear por esse deserto, dizendo: "Procurei o meu Redentor, mas não O encontrei". Encontra-Me, Meu bem-amado, na pureza de coração, amando-Me com desinteresse; encontra-Me na santidade, no abandono que desejo de ti. Encontra-Me, observando os Meus Mandamentos. Encontra-Me, substituindo o mal pelo Amor. Encontra-Me, na simplicidade de coração. Não peques mais; deixa de fazer o mal; aprende a fazer o bem; procura a justiça; ajuda o oprimido. Que esse deserto e essa aridez exultem. Que o teu torpor se inflame numa chama abrasadora. Abandona a tua apatia e substitui-a pelo fervor. Faz todas estas coisas, a fim de que possas dizer: "Procurei o Meu Redentor e encontrei-O. Estava sempre ao pé de mim; mas, na minha cegueira, não conseguia vê-Lo. Oh! Glória a Deus! Bendito seja Nosso Senhor! Como consegui eu ser assim tão cego?".
Lembrar-te-ei, pois, que observes e guardes com muito apreço os Meus Princípios, a fim de que possas viver.

Esta mensagem nos revela que o pecado nos impede de sentir a presença de Deus. Portanto, só através do arrependimento é que podemos renascer e ver a Deus...

Concluirei dizendo que onde há Deus, há amor, misericórdia e paz. No fim, quem vive para Deus viverá com Deus na Eternidade. E Deus o envolverá no esplendor da imortalidade ...

Vassula




Que Deus nos abençoe.



Leonardo Cesar Harger
Contato Nacional

Site oficial:
www.tlig.org/pt
Site AVVD Brasil:
www.avvdbrasil.org.br
Rádio TLIG:
www.tligradio.org/pt

CIRCULAR Nº: 18/2019 - Palavras de Boas-Vindas de Vassula na Peregrinação à Grécia - 27/10/2019


ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - BRASIL



CIRCULAR Nº: 18/2019

Data: 16 de novembro de 2019





Palavras de Boas-Vindas de Vassula na Peregrinação à Grécia, 27/10/2019



Quero saudar a todos vocês em nome da Verdadeira Vida em Deus e agradecer por virem ao meu país, um país com uma história magnífica, bem como uma história bíblica. Escolhemos esta cidade de Maratona, de onde o corredor Fidípides correu para Atenas com a notícia da grande vitória de seu povo sobre os persas em Maratona. Ele levou a mensagem "Niki!" (Vitória!), então se ajoelhou e morreu. É preciso determinação para alcançar o objetivo triunfante de divulgar as boas novas. Assim, é isso que almejamos com determinação: alcançar um objetivo triunfante para que, através de nossos esforços sinceros, possamos trazer a paz e exclamar: “Niki” (Vitória) em nome de Deus!

Por isso, agradeço a Nosso Senhor por esta reunião espiritual, pois é uma graça dada por Deus a todos nós o fato de estarmos nesta corrida e trabalhar pela paz, dando-nos oportunidades para expandir o Seu Reino, levando-nos a compreender melhor uns aos outros, aproximando-nos mais da vontade de Deus, que é: mais próximos da reconciliação, da paz e da unidade na sua diversidade.

Devemos ensinar ao mundo, que se esqueceu de Deus, a colocar Deus de volta ao centro de suas vidas e estar perto de Deus e em Deus, e somente Deus. Devem aprender que todos são convidados a se tornarem um Altar Vivo para Deus, lembrando-lhes que sem Deus sua mesa fica vazia, mas com Deus sua mesa sempre será farta.

Deus se manifesta em nossos tempos como nunca antes na história, de uma forma extraordinária. Está claro que Deus está renovando Sua criação e fazendo novas todas as coisas como preparação para o Retorno de Jesus Cristo. Ele está reunindo Seu povo, reavivando-o, abrasando seu espírito com o desejo de buscar a verdade.

No Dia do Julgamento, não poderemos dizer a Deus que Ele não mostrou Sua Misericórdia em nossos dias e que não comunicou Seus propósitos; também não podemos alegar que não O ouvimos em nosso coração nem vimos Seus sinais, em Seus apelos urgentes de paz; nem que não entendemos o que Ele está nos pedindo.

Muitas grandes autoridades governamentais (políticos) falam em trazer paz ao mundo, mas elas fizeram primeiro as pazes com Deus? É preciso uma revolução de amor para se converter e redescobrir a Deus como nosso Pai, que gerou a todos nós. Então, uma vez que redescubramos nossa Origem Divina, e da qual descendemos, seremos curados. A paz no mundo será restaurada e o amor vencerá o ódio. Então o impossível se tornará possível, porque nada é impossível para Deus. Mas Deus quer nosso consentimento e que morramos para a nossa vontade e sigamos a Sua Vontade.

Nestes Finais dos Tempos, Deus vem a todos nós, mesmo aos mais miseráveis. O sacrifício que Deus nos pede hoje é que mudemos o nosso coração. O Senhor pede a cada um de nós um coração arrependido, pois ninguém pode se considerar piedoso e justo, a menos que tenha os frutos do arrependimento. Nossos caminhos não são Seus caminhos, então devemos abrir nossos corações e ouvir a Deus. Nós temos capacidade, se nos esforçarmos mais para trabalhar diligentemente juntos em sanar nossas divisões; devemos nos tornar reparadores de brechas, remediando nossas diferenças e promovendo a paz onde há guerra, amor onde há ódio, unidade onde há divisão.

Uma vez que todos nós, sem qualquer distinção, somos tão amados por Deus e tão preciosos aos Seus Olhos, espera-se que também nos amemos uns aos outros, pois Ele habita em cada um de nós, e é isso que devemos lembrar ao mundo: que a linguagem de Deus, nosso Criador, está repleta de Ternura e Amor Divino, mas também de Autoridade, Poder e Majestade. Deus é Terno e Amoroso, no entanto, um temível Juiz. Ele é o Alfa e o Ômega, no entanto, tão manso.

Então, se as pessoas encarassem a realidade do amor a Deus e aos homens, seriam levadas a amar a Deus e ao próximo.

Se as pessoas levassem a sério o chamado de Deus e os sinais que Ele nos está dando nestes últimos dias, o mundo estaria louvando a Deus e mudando a frieza do mundo para transformá-lo em uma chama de amor.

Se as pessoas levassem a sério a advertência do Senhor sobre a ira de Satanás nestes últimos dias, ele já teria sido expulso dos corações das pessoas e de todo o mundo.

Se todas as religiões do mundo respondessem ao pedido de reconciliação de Deus, todos os homens e mulheres já se reconheceriam como irmãos descendentes da mesma Origem.

Se todos percebessem que vivemos em momentos de inacreditável Graça e Misericórdia e que Deus, com pleno poder, está renovando Sua criação, nunca cessaríamos de glorificar a Deus noite e dia e nossos corações estariam inflamados de zelo!

Se as pessoas prestassem atenção ao chamado do Senhor à conversão, todos os homens e mulheres já seriam santos.

Se todos vivessem colocando a Palavra de Deus em prática, a história pessoal de cada um e, portanto, a história de todas as pessoas, se tornaria consequentemente um Cântico de Amor.

Nossa corrida ainda não terminou… então sejamos os atletas de Deus e continuemos nossa corrida para atingir a meta que Deus traçou para nós e ganhar o Prêmio Celestial: Sejamos capazes de dizer como São Paulo: "Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé ... " (2 Timóteo 4, 7)




Que Deus nos abençoe.



Leonardo Cesar Harger
Contato Nacional

Site oficial:
www.tlig.org/pt
Site AVVD Brasil:
www.avvdbrasil.org.br
Rádio TLIG:
www.tligradio.org/pt

­