Comunicados

Meu compromisso com a Obra AVVD


ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - BRASIL



Comunicado: 10/2017

Data: 18 de outubro de 2017



Meus irmãos e irmãs da AVVD,



Meu compromisso com a Obra AVVD.


Saudações em Cristo!

Sabemos que o Espírito Santo nos tem guiado para edificação desta obra da AVVD, pois ela pertence inteiramente a Jesus Cristo; Ele nos tem dado esta certeza o tempo todo.

Hoje venho lhes falar sobre a caridade que aparece em tantas citações bíblicas e pronunciadas em todas as manifestações místicas. Somos uma grande família, formamos esta família no verdadeiro e puro amor de Deus ao ponto de nos chamarmos de irmãos em Cristo Jesus, e nossa fé deve alcançar a caridade para ser verdadeira também, caso contrário, se não houver a caridade, vã será nossa fé, como nos ensina São Paulo em 1 Coríntios 13, 1–13. Particularmente no versículo 13 ele nos diz: Por ora subsistem a fé, a esperança e a caridade - as três. Porém, a maior delas é a caridade.

Nestes tempos difíceis em que claramente se desenrola o pergaminho do Apocalipse, cada um de nós foi privilegiado com o chamado do próprio Jesus a trabalhar no plano da salvação da humanidade, assim como os apóstolos e seus discípulos tiveram um importante papel em suas épocas. Agora é a nossa vez. Temos a grande oportunidade de nos tornarmos bem-aventurados no Céu se nos despojarmos das coisas do mundo a serviço deste Deus maravilhoso e misericordioso.

Sabemos que a AVVD está atingindo os quatro cantos da Terra, e sabemos também que sem ajuda financeira todo este alcance não seria possível, principalmente para a abertura das Casas de Maria. Meus irmãos e irmãs, infelizmente a ajuda financeira tem seu importante papel: sem esta ajuda seríamos completamente impotentes para darmos sequência aos trabalhos da AVVD.

Quando Jesus nos escolheu, Ele contava com nosso despojamento nesta área também, ao mesmo tempo em que proveria as condições necessárias para que nada nos falte para o nosso sustento. Portanto, quando sentirmos que fomos escolhidos, antes de aceitar, precisamos estar conscientes de que temos o maior de todos os compromissos com Deus: a caridade.

É importante sabermos que se a AVVD chegou até aqui foi porque alguns tiveram este despojamento financeiro para:

a) Manter as despesas de custos com os encontros, retiros, peregrinações, telefones, despesas diversas administrativas, materiais de divulgação, livretos de orações e os livros com as mensagens.
b) Abertura das cinco Casas de Maria que mantém mais de 2 mil pessoas completamente necessitadas, na maioria crianças.
c) A Revista AVVD, que tem muitas dificuldades em suas publicações.
d) A equipe de Testemunhas que estão à disposição de quem os chamar para fazer as palestras sobre AVVD.
e) Site e as redes sociais através da internet que tem seus custos, apesar de disponibilizar muitos programas gratuitos.
f) Outras despesas, como a rádio AVVD e o fornecimento gratuito de materiais de evangelização.

Para as almas caridosas que mantém viva esta obra que Jesus chama de Hino de Amor não temos palavras que agradeçam o suficiente, mas temos a certeza de que Deus será a vossa recompensa!

Infelizmente, precisamos compartilhar com toda a família AVVD que estas ajudas vêm caindo muito, deixando-nos muito preocupados, principalmente em relação às Casas de Maria: elas estão ficando quase sem os alimentos necessários para aqueles que têm nelas sua única refeição diária.

Por outro lado, poderemos ter o necessário, dependendo de nossa vontade, se usarmos da caridade para darmos prosseguimento aos trabalhos.

Seria muito simples e se resolveria da seguinte forma:

a) Temos os associados afiliados que fazem suas colaborações mensais. Tínhamos, em média, 40 colaboradores que nos ajudavam mensalmente com R$ 70,00 por pessoa, em média. Hoje não passam de 20. Somos mais de 200 associados ativos e afiliados na AVVD! Se conseguirmos que mais de 50% colabore em média com R$ 50,00 por mês já será o suficiente para mantermos esta obra de Jesus.
b) Temos os associados assinantes da Revista que pagam anualmente R$ 50,00. Somos 650 assinantes, porém muitos não estão pagando na renovação quando vence a assinatura. Mais de 50% dos assinantes não estão em dia com o pagamento da assinatura. Se todos renovarem a assinatura e se ainda conseguirmos aumentar para 800 assinantes, será mais um problema resolvido.
c) Temos os associados que fazem suas colaborações espontâneas, esporadicamente. Têm diminuído muito estas colaborações – nestes últimos meses a redução foi de mais de 70%.
d) Temos os associados afiliados que trabalham em diversas áreas na AVVD e cobrem todos os custos dos equipamentos e materiais necessários que utilizam sem repassar para AVVD. Neste caso, ainda contamos com 100% desta colaboração.

Como Contato Nacional, me sinto à vontade para lhes fazer este apelo e os exorto a usarem da caridade para que possamos manter viva esta obra da AVVD aqui no Brasil, como sempre tem sido. Certamente irei prestar contas se eu nada fizer diante de minhas responsabilidades assumidas com Jesus quando dei meu SIM, assim como me sinto responsável para com esta família que eu tanto amo e para com aquelas almas que ainda não conheceram as mensagens de Jesus. Porém pesa em minha consciência as consequências que recairão sobre nossos pobres irmãos das Casas de Maria que lá encontram seu último refúgio de alimento material e espiritual.

IMPORTANTE QUE SE SAIBA:
No Estatuto da AVVD, vimos no capítulo IV - 4º. Art. § 1 - Se estabelecem as seguintes categorias de associados:

a) ATIVOS: são leitores das Mensagens de A Verdadeira Vida em Deus que participam direta e ativamente das atividades ligadas à divulgação das Mensagens, dos encontros, retiros espirituais, bem como das diversas áreas de Evangelização e apoio da Associação AVVD-Brasil, além de contribuir com suas orações, ajuda financeira e/ou trabalho voluntário.
b) AFILIADOS: são os leitores das Mensagens AVVD que apoiam com suas orações e/ou contribuem material e/ou financeiramente para a Associação AVVD-Brasil e/ou para as AVVD-Casas de Maria.

Sei também que Jesus está à frente de tudo e de todos. Temos esta certeza de que Ele proverá nossas necessidades e nada vai abalar as estruturas desta obra que Ele mesmo criou para estes últimos tempos. Conto com a compreensão e o carinho de todos que têm demonstrado um verdadeiro amor pela AVVD. Vamos oferecer nossa vontade através de nossa fé verdadeira com um pouco de despojamento através da caridade.

IMPORTANTE: Não possuímos boletos nem carnês para as colaborações mensais. As almas caridosas têm feito contribuição através de depósitos na conta da AVVD através do Banco Brasil, agência 0828-1, conta nº 314159-4 e CNPJ nº. 20.087.868/0001-88.
Dentro da revista estamos enviando um boleto bancário para contribuição espontânea. Se desejar fazer uma contribuição, preencha o valor que deseja contribuir e o pagamento poderá ser nas casas lotéricas e ou qualquer agência bancária em qualquer data, pois o vencimento é na apresentação.
Para renovação e nova assinatura da Revista: Estamos cobrando anualmente o valor de R$ 50,00 que podem ser feitos o depósito na conta corrente e ou pagar através do boleto bancário que está dentro da revista, basta preencher o valor. Após envia um e-mail informando a Cida: .
Obs.: Para as novas assinaturas, precisa enviar o endereço completo para cadastramos no mesmo e-mail da Cida.



Que Deus nos abençoe.

Leonardo Cesar Harger
Contato Nacional

Site oficial:
www.tlig.org/pg.html
Site AVVD Brasil:
www.avvdbrasil.org.br

Grupos de Oração - Verdadeiro alicerce da AVVD


ASSOCIAÇÃO A VERDADEIRA VIDA EM DEUS - BRASIL



Comunicado: 09/2017

Data: 30 de setembro de 2017



Meus irmãos e irmãs da AVVD,



GRUPOS DE ORAÇÃO - VERDADEIRO ALICERCE DA AVVD


Saudações em Cristo!

Estamos conscientes de que o Espírito Santo tem soprado em nossas direções, convidando-nos o tempo todo a servi-Lo e participar deste grande amor pela obra AVVD, um dos caminhos no plano da salvação da humanidade.

Precisamos vencer as barreiras que nos tentam impedir o acesso a esta grande graça. Vejo claramente que somos privilegiados em cairmos nas graças do Senhor, assim como foi desde o início do cristianismo.

Meus irmãos e irmãs, sabemos como somos ainda escravos de nossas vontades, onde a carne quase nos domina, porém temos de vencer esta etapa e será possível somente se rezarmos constantemente, como Jesus nos tem pedido na AVVD, “rezai 24h por dia”.

Não nos esqueçamos do evangelho em Mateus 22-14 quando diz: "Portanto, muitos são chamados, mas poucos os escolhidos!”... Aqui eu me pergunto: quem são os escolhidos? Esta é uma pergunta que devemos nos fazer constantemente e, para mim, "os escolhidos" são aqueles que correspondem ao chamado e que dão o seu "SIM" com firmeza sem hesitar diante das cruzes que virão.

Neste sentido, meus irmãos e irmãs, temos de quebrar as barreiras e as dificuldades que o inimigo de Deus nos tem colocado, precisamos fortalecer nossos grupos de oração. Nesta obra da AVVD os grupos de oração são a base para perseverarmos em nossa missão e é a fortaleza para cada um de nós. Todos somos testemunhas de que, quando relaxamos nossa participação nos grupos de oração, nossos trabalhos na AVVD começam a desmoronar e damos desculpas, esquecendo que foi o próprio Senhor que nos visitou e nos fez o convite para trabalharmos nesta obra.

Neste pensamento, exorto a todos a fortalecerem o seu grupo de oração, reavivem seus grupos de oração e formem novos grupos, só assim esta obra do Senhor se espalhará em todas as direções. Como é possível fazer isto? O próprio Jesus nos aponta o segredo para que tudo seja possível: a "UNIDADE". Devemos nos unir no amor de Deus, esquecendo as nossas diferenças e, principalmente, não apontar as diferenças uns dos outros. Precisamos louvar e agradecer todos os dias por estarmos do lado certo, por sermos agraciados pelo convite de trabalharmos nesta vinha do Senhor que é a obra AVVD.

Hoje somos um povo numeroso que segue esta espiritualidade da AVVD, mas somos poucos a formar os grupos de oração, conforme Jesus pede tanto em Seus escritos. Ele nos tem repetidamente alertado que, por meio dos grupos de oração, teremos graça diante de Deus e alcançaremos a salvação de muitas almas, pois Jesus suspira por estes irmãos que trocaram a felicidade eterna pelos prazeres deste mundo.

Hoje temos apenas 29 grupos de oração cadastrados, há alguns ainda que não o fizeram, mas a grande maioria da família AVVD ainda está sem participar de um grupo de oração. Desta forma, venho lembrá-los que será um ato concreto de amor e obediência para com o nosso Deus, que nos tem amado infinitamente em Sua misericórdia para com nossos pecados.

Para iniciarmos um grupo de oração, bastam duas pessoas e para fazer o cadastro entre em contato com:



Que Deus nos abençoe.

Leonardo Cesar Harger
Contato Nacional

Site oficial:
www.tlig.org/pg.html
Site AVVD Brasil:
www.avvdbrasil.org.br

­